Estudantes do 6º ano do Colégio Novo Horizonte se encantam com o mundo da filosofia.

PRÉ-SOCRÁTICOS

A Filosofia teve início no século VI a. C. com Tales de Mileto. Em sua gênese, a Filosofia é uma Cosmologia, investigando a ordem e o princípio do Mundo. Cada filósofo ou cada grupo de filósofos buscava o elemento primordial e fundador de todas as coisas (ARKÉ) na Natureza. A Filosofia da Physis não rompe bruscamente com o Mito grego, mas transforma os temas míticos em algo racional e sistemático.

Pré-Socráticos ou Cosmológicos

– Período pré-socrático (séc. VII-V a.C.) – Problemas cosmológicos. Período Naturalista: pré-socrático, em que o interesse filosófico é voltado para o mundo da natureza.

Filosofia Antiga: Pré-Socráticos

Os primeiros filósofos gregos tentaram entender o mundo com o uso da razão, sem recorrer à religião, à revelação, à autoridade ou à tradição. Além disso, também eram professores que ensinavam seus discípulos a usar a razão e a pensar por si mesmos. Pré-Socráticos ou Cosmológicos – Período pré-socrático (séc. VII-V a.C.) – Problemas cosmológicos. Período Naturalista: pré-socrático, em que o interesse filosófico é voltado para o mundo da natureza.

 Tales de Mileto (624-548 A.C.) “Água” – Tales de Mileto = É considerado o fundador da escola jônica. É o mais antigo filósofo grego. Tales não deixou nada escrito mas sabemos que ele ensinava ser a água a substância única de todas as coisas. A terra era concebida como um disco boiando sobre a água, no oceano. – Tales de Mileto se perguntou: “De que é feito o mundo?”. Chegou à conclusão de que ele era feito de um único elemento: a água. Afinal, todas as coisas precisam de água para viver, é a chuva que faz as plantas brotarem da terra e toda Outros Filósofos Pré-Socráticos –

Anaximandro = Se a Terra fosse sustentada pela água, esta, por sua vez, deveria ser sustentada por outra coisa e assim sucessivamente, até o infinito. – Heráclito = Idéia da unidade entre os opostos. Que o caminho para subir uma montanha é o mesmo para descer. Ou seja, trata-se de um mesmo caminho, embora ela conduza a direções opostas. A partir daí, o filósofo concluiu que a realidade surge justamente da contradição. Por isso, a realidade é instável e está em constante movimento. “Tudo flui“. – Pitágoras = Supõe-se que ele tenha inventado o termo “filosofia”, pois se definia como um amigo (filo) do saber (sofia). Com certeza, sabe-se que ele relacionou a filosofia à matemática, acreditando que a linguagem matemática poderia expressar com maior precisão as estruturas do universo. –

Xenófanes =

Para ele, o conhecimento é uma criação humana. Nós jamais conhecemos a verdade, mas vamos nos aproximando dela, à medida que aprendemos mais e vamos mudando nossas idéias, à luz do que aprendemos. – Parmênides = Considerou que é uma contradição afirmar que “nada existe”. Para ele, tudo sempre existiu. O mundo, portanto, não tem princípio, nem foi criado: ele é eterno e imperecível. “Tudo é um” REFERÊNC

A Filosofia e suas origens na Grécia Antiga

A IMPORTÂNCIA DA FILOSOFIA

Deixe uma resposta