Professores da UEB Cumbique estudam a BNCC em encontro de Formação continuada.

Há escolas que são gaiolas e há escolas que são asas. Escolas que são gaiolas existem para que os pássaros desaprendam a arte do vôo. Pássaros engaiolados são p... Frase de Rubem Alves.

O objetivo da BNCC é sinalizar percursos de aprendizagem e desenvolvimento dos estudantes ao longo da Educação Básica, compreendida pela Educação Infantil, Ensino Fundamental, anos inicial e final, e Ensino Médio, capazes de garantir, aos sujeitos da educação básica, como parte de seu direito à educação.

Com o objetivo de compartilhar as informações a respeito das mudanças no Sistema Educacional conforme exigência  e determinação do Ministério da Educação, a direção da UEB Cumbique,   Zona Rural do Município de Paço do Lumiar-Ma, promoveu nesse sábado (10) , encontro de formativo com os professores da Educação infantil e do Ensino fundamental  para esclarecimento a respeito da  Base Nacional Comum Curricular-BNCC. A formação foi ministrada pela coordenadora pedagógica Joselina Diniz, a mesma fez todos os esclarecimentos possíveis sobre o tema abordado. “aos poucos estamos nos afinando com  as mudanças, entretanto, sabemos que o novo, enquanto não se compreende e não se conhece , nos causa espanto, por isso decidimos dedicar o dia de hoje para compartilhar com nossos professores tudo que diz respeito aos direitos  de aprendizagem de todos os alunos do Brasil, de como os professores devem potencializar  suas criatividades durante as aulas, dinamizar seus conteúdos e de forma muito especial  cumprir as exigências da BNCC “.Enfatizou Joselina, disse ainda que  durante o ano de 2017, a Base Nacional Comum Curricular (BNCC) foi pauta dos mais importantes debates sobre educação no país. Em trâmite desde abril, o documento da Base foi homologado pelo Ministério da Educação (MEC), em sua terceira versão, no dia 20 de dezembro de 2017 apenas para as etapas da Educação Infantil e Ensino Fundamental.

         Ao findar essa primeira etapa de formação, Josélia esclareceu que por conta do tempo não foi possível aprofundar  todas as  fases da Base curricular Comum-(BNCC), entretanto, o objetivo proposto fora alcançado, que seria  uma breve abordagem do que trata a proposta, ficando para um outro momento a retomada dessa formação, pois a escola tem como meta não só conscientizar seus professores quanto ao conhecimento da BNCC, mas fazê-los entender que todos por determinação do Ministério da Educação devem se enquadrar nesse novo estilo de trabalhar.

         Em consonância com o que fora tratado, a Gestora da UEB Cumbique Lucileia Ferreira encerrou o tempo de formação dizendo que não é atual a discussão sobre a necessidade do Brasil construir democrática e coletivamente normas e orientações para subsidiar a sistematização de currículos, deixando claro os conhecimentos e habilidades elementares que todos os estudantes, da Educação Infantil ao Ensino Médio, tem direito de acessar durante a sua passagem pela Educação Básica (EB). Assim, impulsionados por este desejo e compreendendo a Educação como um direito humano, individual e coletivo, que habilita para o exercício de outros direitos e capacita ao pleno exercício da cidadania, o Ministério da Educação deu início em junho de 2015 a redação da Base Nacional Comum Curricular (BNCC). “A posterior abertura da BNCC, que ocorreu em setembro de 2015, para receber as contribuições de todo cidadão que quisesse colaborar, trouxe uma dinâmica nunca vista, chegando ao número de 12 milhões em março de 2016. Isso, se por um lado é muito bom, pois traz a tona a vontade de participar, por outro significa enormes desafios no sentido de ouvir realmente as diversas posições. “Deste modo, nosso objetivo em realizar mais esse momento de  formação tem como propósito entender todos os  desdobramentos apresentados pela BNCC, para melhor compreensão, estamos discutindo a possibilidade de ampliarmos esse conhecimento por meio de oficinas pedagógicas, assim colocaremos na prática tudo aquilo que de fato deve ser feito durante a rotina do nosso trabalho, isso envolve não só os professores, também gestores, coordenação pedagógica e demais auxiliares”Finalizou.

                 Saiba mais

BNCC: O que é a Base Nacional Comum Curricular e qual é o seu objetivo

Durante o ano de 2017, a Base Nacional Comum Curricular (BNCC) foi pauta dos mais importantes debates sobre educação no país. Em trâmite desde abril, o documento da Base foi homologado pelo Ministério da Educação (MEC), em sua terceira versão, no dia 20 de dezembro de 2017 apenas para as etapas da Educação Infantil e Ensino Fundamental.

A BNCC dessas etapas será implementada nas escolas a partir de 2019 (o prazo máximo é até o início do ano letivo de 2020), mas instituições e Sistema de Ensino estão se preparando para a sua chegada desde já: a começar pela adequação dos currículos, capacitação da equipe docente e atualização dos materiais e e recursos didáticos utilizados.

Já a BNCC do Ensino Médio foi entregue em abril deste ano pelo MEC ao Conselho Nacional de Educação (CNE) para debate em audiências públicas que seguem até agosto. No entanto, ainda não há data definida para ela entrar em vigor.

Juntas, a Base da Educação Infantil, Ensino Fundamental e Ensino Médio integram um único documento: a BNCC da Educação Básica.

Se a Base Nacional Comum Curricular (BNCC) ainda não está em pauta na sua escola, chegou a hora de se informar. Preparamos este conteúdo especialmente para que você possa entender o que é a Base e quais são os seus objetivos dentro do contexto educacional do país. Vamos ler?

Afinal, o que é a BNCC?

A Base Nacional Comum Curricular é um documento que determina as competências (gerais e específicas), as habilidades e as aprendizagens essenciais que todos os alunos devem desenvolver durante cada etapa da educação básica. A BNCC também determina que essas competências, habilidades e conteúdos devem ser os mesmos, independentemente de onde as crianças, os adolescentes e os jovens moram ou estudam.

A Base não deve ser vista como um currículo, mas como um conjunto de orientações que irá nortear as equipes pedagógicas na elaboração dos currículos locais. Esse documento deve ser seguido tanto por escolas públicas quanto particulares. Em um primeiro momento, a Base Nacional Comum Curricular será implementada apenas para as etapas da Educação Infantil e do Ensino Fundamental. A Base para o Ensino Médio ainda será discutida e votada ao longo do ano de 2018.

Para mais informações clique nesse link

https://blog.sae.digital/conteudo/bncc-o-que-e-qual-e-o-seu-objetivo/

A imagem pode conter: 3 pessoas, pessoas sentadas e área interna

A imagem pode conter: 5 pessoas, pessoas sentadas e área interna

A imagem pode conter: 6 pessoas, incluindo Anaiada Almeida, pessoas sorrindo, pessoas sentadas, mesa e área interna

A imagem pode conter: 3 pessoas, pessoas sorrindo

A imagem pode conter: 2 pessoas, incluindo Krivia Leticia, pessoas sorrindo

A imagem pode conter: 2 pessoas, pessoas sorrindo, pessoas sentadas

A imagem pode conter: 2 pessoas, pessoas sorrindo

 

 

 

A imagem pode conter: 3 pessoas, incluindo Anaiada Almeida, pessoas sorrindo, pessoas sentadas

A imagem pode conter: 13 pessoas, incluindo Anaiada Almeida e Bia Lima, pessoas sorrindo, pessoas em pé e área interna

 

 

 

1 comentário sobre “Professores da UEB Cumbique estudam a BNCC em encontro de Formação continuada.”

Deixe uma resposta