Retorno à Imperatriz, sudoeste do Maranhão, acontece três dias após a conquista da medalha de prata em Tóquio. Rayssa Leal deve desfilar pelas principais ruas da cidade em carro aberto do Corpo de Bombeiros.

Após ter se tornado a atleta brasileira mais jovem a receber uma medalha olímpica, a skatista Rayssa Leal, a ‘Fadinha’, já tem data para retornar ao Maranhão. A maranhense, de 13 anos, deve desembarcar nesta quarta-feira (28) em Imperatriz, cidade a 626 km de São Luís, onde nasceu e vive com a família.

O desembarque de Rayssa está previsto para às 11h, no Aeroporto Prefeito Renato Moreira, segundo a Prefeitura de Imperatriz. O retorno à cidade natal acontece apenas três dias após a conquista inédita da medalha de prata na modalidade skate street, nas Olimpíadas de Tóquio.

Após o desembarque, jovem deve ser colocada em um carro aberto do Corpo de Bombeiros do Maranhão (CBMMA) onde vai desfilar pelas principais ruas de Imperatriz. O destino final será praça Mané Garrincha, onde ela será recepcionada por autoridades locais.

A Prefeitura disse que muitas pessoas estão sendo convocadas, por meio das redes sociais, para seguir em carreata a partir do aeroporto. Entretanto, pediu cautela a população para que sejam tomadas todas as medidas de segurança contra a Covid-19, como uso de máscara e distanciamento, durante o trajeto.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui