Sócrates, Platão e Aristóteles

Esses três filósofos foram os inauguradores da filosofia ocidental, como a que concebemos ainda hoje em muitos aspectos. O período em que Sócrates, Platão e Aristóteles despontaram é considerado como o período áureo da Filosofia, dada a imensa contribuição deles para o avanço do pensamento filosófico.

Antes de se falar de Sócrates, Platão e Aristóteles, é imprescindível, também, abordar sobre os sofistas que foram pensadores contemporâneos a Sócrates e juntamente com ele, foram os primeiros a falar sobre as questões morais dentro do âmbito filosófico. Os sofistas eram pensadores que realizavam viagens de cidade em cidade e, através de discursos públicos, atraíam jovens discípulos, os quais pagavam taxas por essa educação recebida. Apesar de serem pessoas muito refutadas por outros filósofos como Aristóteles, por exemplo, os sofistas exerceram um grande papel para a evolução histórica da Filosofia.

As obras de Sócrates, Platão e Aristóteles, serviram de base para toda a Filosofia na Idade Média, Renascentista, Idade Moderna e Contemporânea.

Grandes filósofos, de várias épocas da história, têm suas bases nesses três pais da filosofia ocidental.

Homens como Gregório, Tertuliano Santo Agostinho, São Tomaz de Aquino, no período entre a Filosofia Medieval e início da Renascença. Outros como os iluministas Rousseau, Didderot, Voltaire e Descartes e alguns mais recentes como Auguste Comte, Emannuel Kant, David Hume, Friedrich Nietzsche, Michel Foucault, etc.

escolas filosóficas 2

Origem da filosofia

SÓCRATES E A IGREJA PRIMITIVA

Divisões da Filosofia

OS PREÉ-SOCRATICOS

OS PREÉ-SOCRATICOS 2

 

socrates

PLATÃO

ARISTOTELES

Diagnóstico de época da Filosofia

 

Deixe uma resposta