Apesar de estarmos vivendo uma situação de isolamento social para diminuir a contaminação pelo novo coronavírus não podemos deixar de nos unirmos aos milhares que professam a fé cristã e juntos celebrarmos a páscoa, é um dia mais que especial para todos nós. Tradicionalmente, durante os quarenta dias que precedem a Semana Santa e a Páscoa, nos  dedicamos  à reflexão e a conversão espiritual. Normalmente nos recolhemos em oração e penitência para lembrar os 40 dias passados por Jesus no deserto e os sofrimentos que ele suportou na cruz., sofrimento que de forma diferente várias famílias tem passado por conta da ausência dos seus entes queridos que findaram suas vidas no plano material por conta dessa epidemia .

     Ao refletirmos sobre a importância da páscoa e da quarentena determinada pelo Poder Público, faz-se necessário um mergulho na Bíblia onde o número quarenta é frequentemente citado, para representar períodos de 40 dias ou 40 anos, que antecedederam ou marcaram fatos importantes. Alguns exemplos mais conhecidos são:

  • 40 dias de dilúvio da Arca de Noé;
  • 40 dias de Moisés no Monte Sinai;
  • 40 dias de Jesus no deserto, antes do início do seu ministério;
  • 40 anos de peregrinação do povo de Israel no deserto.

        Em muitos aspectos o número quarenta retrata dor e tristeza, sobretudo no que tange ao atual momento , mas tenhamos fé, Jesus Cristo também sofreu, mas venceu o mundo, com ele nós também haveremos de superar todas as dificuldades, e esse mesmo Cristo que ressuscitou dos mortos após três dias de sua crucificação nos convida a celebrarmos a festa da páscoa, Cristo vive! Esta é a melhor notícia que recebemos. Devemos testemunhá-la e anunciá-la a todos! Vidas renascem, pessoas saem dos seus túmulos, cegos veem, e tanto outros sinais testemunham as maravilhas que Deus opera na vida de cada um de nós.

                      Feliz Páscoa a todas as famílias de Zé Doca

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui