Em clima de emoção e despedida, Colégio Militar Tiradentes de São Luís forma mais de 200 estudantes

Estudante Danilo Esdra fala da gratidão e saudade que sente ao sair da escola. (Foto: Antônio Martins)

“Este é, primeiramente, um momento de gratidão a Deus, aos nossos pais, aos professores, diretores e funcionários desta escola que é tão especial em nossa vida. Eu acho que saio daqui uma pessoa melhor. E a gente sai com saudade, até mesmo dos puxões de orelha, daquele: ei, ajeita esse cabelo, corta esse cabelo! Tudo  isso vai deixar uma grande saudade”. O depoimento do estudante Danilo Esdra reflete o clima de alegria e gratidão que tomou conta de alunos, pais e professores, durante formatura do 3° ano do Colégio Militar Tiradentes, realizada na noite desta sexta-feira (5), no pátio externo da escola, no bairro Vila Palmeira, em São Luís.

Williandickson Garcia Azevedo, secretário de Estado de Educação em exercício, o comandante geral da PM, coronel Pereira, e demais autoridades militares. (Foto: Antônio Martins)

A solenidade contou com a presença do secretário de Estado de Educação em exercício, Williandickson Garcia Azevedo; do coronel José Frederico Gomes Pereira, comandante geral da PM; coronel Laercio Osório Bueno, diretor de Ensino da Polícia Militar; entre outras autoridades militares.

“A mensagem que trago para estes estudantes, em nome do governador Flávio Dino e do secretário Felipe Camarão, é uma mensagem de esperança. É preciso acreditar, sonhar e correr atrás dos sonhos. Esta aqui é uma etapa que preparou estes jovens para voos mais altos como uma faculdade, um curso técnico, mas, acima de tudo preparou cidadãos para a vida”, pontuou Williandickson Garcia Azevedo.

“Os Colégios Militares têm a missão de formar os jovens para serem cidadãos de bem, que eles possam alcançar seus objetivos, mas, não esqueçam que eles não chegaram sozinhos. Que eles possam ser humildes, honestos e possam deixar um legado por onde eles passarem”, destacou coronel Pereira, acrescentando que a escola contribui para a cidadania dos alunos.

A turma que recebeu o nome de Cel. QOPM José Frederico Gomes Pereira, em homenagem ao comandante da Polícia Militar, teve como madrinha a sargento PM Silvia Regina Moraes Silva, que é supervisora e professora da escola.

Para o coronel Brandão, diretor geral do Colégio Militar Tiradentes I, a formatura representa satisfação e a certeza de dever cumprido.

“É um sentimento de dever cumprido, saber que os pais confiaram e acreditaram na nossa escola. E nós tivemos a responsabilidade de formar os nossos alunos, não só para serem aprovados no vestibular, em um curso superior, mas, principalmente, para a vida, para serem cidadãos honestos, responsáveis pela sociedade, capazes de fazerem as mudanças que a gente tanto espera para um país melhor”, disse coronel Brandão.

Estudante Mariana Aparecida Frazão Branco, primeira colocada no ranking aluno nota 10. (Foto: Antônio Martins)

No total, 234 estudantes que concluíram o 3° ano do ensino médio da escola participaram da formatura, que marca o fim de um ciclo na vida estudantil. Na solenidade coube todos os ritos e pompas que o momento pede: juramento, oratória, entrega de canudos, as homenagens aos alunos nota 10, a boina para o alto, cerimônias militares, e, claro, as fotos com a família.

Para a estudante Mariana Aparecida Frazão Branco, primeira colocada no ranking aluna nota 10 da escola, com nota 9,46, este é um dos momentos mais marcantes na vida dela e dos colegas.

“É algo muito emocionante, porque eu estou nesta escola há sete anos. E foram anos em que fomos construindo os nossos sonhos de estudar, de querer dar o melhor de nós na escola e na vida, mesmo! Então, eu só tenho a agradecer à direção, aos professores, a cada pessoa que nos ajudou para que chegássemos aqui hoje”, disse Mariana.

“O que a gente sente é uma saudade boa porque este momento vai estar sempre marcado na nossa memória. Eu levo um aprendizado imenso, disciplina e a certeza de que o meu caráter foi formado de uma maneira muito boa. Então, eu só posso ter muita gratidão”, disse Jocimeire Paixão Gouveia, segundo lugar no ranking aluna nota 10, com média 9,30.

Escola referência 

Alunos durante a formatura.

O Colégio Militar Tiradentes foi instituído com o objetivo de oferecer aos filhos e dependentes dos policiais militares e a comunidade, uma educação de qualidade para o aprimoramento de suas capacidades intelectuais e físicas.

Os estudantes do Colégio Militar Tiradentes têm obtido resultados expressivos no Exame Nacional do Ensino Médio (Enem) e em olimpíadas nacionais estudantis de várias disciplinas, além de competições esportivas.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *