“ O Prefeito Domingos Dutra mente que Dói”

Com o início do mês de outubro, a conta de luz ficará mais cara. A Agência Nacional de Energia Elétrica (Aneel) mudou a bandeira tarifária das contas de luz, que passou a ser a vermelha patamar 2. A tarifa é a mais cara do modelo e representa a cobrança de taxa extra de R$ 3,50 a cada 100 Quilowatt-hora (kWh) consumidos.

Em setembro, a bandeira tarifária das contas de luz foi a amarela, com taxa extra de R$ 2 para cada 100 kWh de energia consumidos. A tarifa extra mais alta a partir deste mês se deve à necessidade de operar mais usinas térmicas, cujo custo de produção da energia é mais alto que a da produzida nas hidrelétricas. A mudança foi anunciada pela Aneel na última sexta-feira, 29.

NOTA DA PREFEITURA

Devido a péssima aceitação por parte da população luminese, e grande repercussão negativa e tentando ludibriar o impacto devastador que terá no bolso do luminense. No que diz respeito ao desnecessário aumento da Taxa de Iluminação Pública, encaminhado através de lei, pela prefeitura e aprovado às cegas, pela Câmara Municipal de Paço do Lumiar. Em nota, Dutra tenta justificar o injustificável, e menospreza a inteligência do povo luminense com mais uma mentira deslavada.

O aumento da taxa de iluminação pública, neste momento econômico cruel que passamos no país, é completamente inviável, e desnecessário. O mais absurdo foi a criação do fundo para gerir os recursos arrecadados, que ficará sobre responsabilidade única e exclusiva da Primeira Dama.

NÚBIA DUTRA.

Nenhum Vereador(a) se quer, questionou como seria feita a prestação de contas deste absurdo, onde? foi gasto o montante do arrecado da taxa de janeiro a setembro e  valor total. Todos condizentes calados e obstinados a obedecer o chefe Dutra. Em conluio com o executivo (O que prova a inutilidade total dos nobres edis).

Não há frustração de receita estabelecida em Paço do Lumiar, já que foi aumentado alíquotas dos impostos logo no início do ano pelo próprio   Dutra, o Prefeito,   também herdou  o valor R$ 2.431.088,69, de repatriação no começo do ano.

A projeção dos valores brutos destinados a cada município foi feita pela Confederação Nacional dos Municípios (CNM), e foi divulgada no dia 1º de novembro  do ano passado. Sem falar em mais de um milhão de reais,  retirados dos cofres públicos em “caráter de urgência”, alegado pelo prefeito, também no incio do ano, justamente para atender a manutenção de iluminação pública.

Sem contar na elevação da estimativa  orçamentaria,  que por lei deverá ser votada no fim deste ano.

Por isso que estabelecemos neste post a  prova  que  “ O Prefeito  Domingos Dutra mente que Dói”

 

Deixe uma resposta