Feitiço de Bita do Barão brochou:Estilhaçou de vez! Roseana Sarney tem a candidatura impugnada e pode ficar inelegível

A candidata ao Governo do Estado pelo MDB, Roseana Sarney, deve rolar a cabeça no travesseiro sem sono nas próximas horas ou noites. Ela teve a candidatura impugnada por não ter deixado a direção dos negócios dos quais é sócia como exigido por lei.
Sócia, dentre outros empreendimentos, como o Sistema Mirante de Comunicação, que recebem dinheiro público, a ex-governadora dormiu no ponto e não se desligou dos negócios a tempo. O autor do pedido de impugnação, deputado federal e advogado Rubens Júnior.
Nem só a ex-governadora Roseana Sarney corre risco de não disputar a eleição.

Candidato a senador pelo PV, Sarney Filho pode ter a candidatura vetada pelo mesmo motivo que a irmã.

O ex-ministro de Meio Ambiente do governo Temer ainda estaria na condição de sócio representante do Sistema Mirante de Comunicação.

Se não tiver se desligado a tempo do comando das emissoras de rádio e televisão da família dentro do período estabelecido em Lei, Sarney Filho também pode ser impedido de concorrer a vaga no pleito deste ano.

Há pouco, em postagem nas redes sociais, Roseana praticamente confirmou que não se desligou da Mirante para disputar a eleição, assim como não fez em pleitos anteriores.

O irmão, dono de 1/3 do conglomerado oligárquico de comunicação, também estaria impedido de participar da administração da empresa dentro do período vedado.

Em consulta ao site da Receita Federal, às 2h06 desta segunda-feira (20), verificamos que Roseana Sarney e Sarney Filho continuam no quadro societário da TV Mirante. Eles também são sócios da rádio Mirante.
NOTA DA COLIGAÇÃO O MARANHÃO QUER MAIS
Maranhenses,
É patética a “argumentação jurídica” do advogado Rubens Júnior para propor a impugnação de Roseana como candidata ao governo do Maranhão.
Sabíamos que eles estavam pressionados para produzir alguma coisa do gênero, numa tentativa desesperada de nivelar nossa candidata ao candidato sub judice Flávio Dino, flagrado, COM IMAGENS, quando chantageava o eleitorado de Coroatá para votar em um candidato seu, deformando um resultado eleitoral.
Flávio Dino está condenado.

 

Deixe uma resposta