Aos poucos o que era apenas comentários  a respeito do concurso realizado pela Empresa Machado de Assis no Município de Paço do Lumiar ,foi ganhando proporcionalidade , e as conversas soltas  converteram-se em graves  denúncias  ao Ministério Público, tais denúncias envolvem forte esquema da  empresa Machado de Assis com um  suposto candidato a Prefeito de Paço do Lumiar envolvendo também um Deputado recém eleito à Câmara Federal, esses por questões legais não divulgarei seus nomes para não atrapalhar as investigações do Ministério Público, usarei um nome fictício, ( o candidato a prefeito será chamado Górgia), quem o conhece não se escandaliza mais, imagine se esse cidadão não fará caso chegue a ser eleito Prefeito em Paço do Lumiar.

Os comentários a respeito do concurso, trata da suposta fraude no certame da Machado de Assis, situação que se levado à frente pelo Ministério Público poderá levar muita gente para a cadeia, isso se dará após concretização de todas as hipóteses levantada pelo Ministério Público Estadual (MPE)

Enquanto a chapa esquenta, os beneficiados no esquema com a ajuda  de Gorgias  estão perdendo noite de sono ao presenciar seus nomes divulgados nas redes Sociais, desses consta maior número no povoado Iguaiba e Pau Deitado, diga-se de passagem que nessas localidades, vergonhosamente e descaradamente mais de cinco pessoas só de uma família foram contemplados com esse ato de corrupção, o pior de tudo é que  com tanta facilidade ainda teve desentendimento entre  algumas lideranças que por falta de tempo deixou de encaixar mais dez pessoas do seu grupo, esses  Gorgias não conseguiu aprovar no concurso.

O Instituto Machado de Assis, já prestou mais de 300 concursos públicos, em âmbito municipal, estadual e a nível federal. E em quase todos houve reclamação das práticas com grupos políticos para beneficiar particulares, a empresa é capaz de realizar o concurso com total lisura“, o problema é que basta uma breve consulta no Google para encontrar as  citações de irregularidades e com suspeitas de fraudes envolvendo o instituto machado de Assis, inclusive no estado Maranhão.

No ano de 2012, o Ministério Público do Maranhão entrou com uma ação judicial contra o concurso da Prefeitura de Nova Colinas, MA, realizado também por esta empresa, por ter entre os aprovados a maioria parentes do ex-prefeito e seu vice

Em setembro de 2014, a referida empresa Instituto Machado de Assis organizou o concurso da Prefeitura de Nossa Senhora dos Martirios, MA, que foi apelidado de “concurso a jato”, por ter divulgado a lista dos aprovados em menos de 30 dias e já dando posse aos mesmos. Vários participantes deste concurso denunciaram suspeitas de fraudes por constar na lista dos aprovados muitas pessoas ligadas ao círculo de amizades do prefeito e pessoas que já exerciam cargo de confiança na Prefeitura.

Em março de 2014, por decisão da Justiça, foi também suspenso o concurso público organizado por esta empresa para a Prefeitura de São Benedito do Rio Preto, MA, por ter sido esta empresa contratada irregularmente e por suspeitar da sua idoneidade. A ação judicial foi proposta por um vereador do município.

Houve fraude  também em  Pedro do Rosário no Maranhão, o Concurso Público do município foi suspenso, as provas que seriam aplicadas em 13 e 21 de novembro de 2016, porém, foram suspensas em virtude da decisão da 1ª Vara da Comarca de Pinheiro – MA.

Os internautas que fizerem  pesquisas sobre os concursos realizados ultimamente pela maioria das prefeituras dos estados do Piauí e Maranhão ,vão observar que quase todos os concursos dessas prefeituras foram vencidos pela empresa piauiense Instituto Machado de Assis. O motivo de tantas licitações de concursos vencidas pela mesma empresa só mesmo as prefeituras podem explicar. Mas o que parecia ser uma chance de um emprego público para muitos candidatos, transformou-se em  frustrações ,e arrependimentos e até mesmo desalento diante de inúmeras denúncias que têm surgido em muitos certames realizados pelo Instituto que leva o nome de um dos maiores escritores brasileiro, Machado de Assis.  O Instituto piauiense ao que parece não tá ligando muito para o importante escritor. A falta de cumprimento quanto à prazos estipulados em edital do concursos principalmente ao que refere à divulgação do resultado final .

Esse Site está aberto para receber outras denúnicas

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui