Fazendo a diferença: Vereadora Ana Lúcia do PDT questiona PL encaminhado pelo Executivo e sugere mudanças em alguns pontos que não condiz com a atual realidade

A vereadora Ana Lúcia do PDT de Paço Lumiar, em sessão realizada  nesta  última quarta-feira (28/11), analisou de forma responsável todos  projetos encaminhados pelo Executivo Municipal, a parlamentar disse ter seguido sua consciência na análise dos projetos por ela apreciados, disse está convicta da sua  contribuinção para o progresso do Município e pela melhoria da qualidade de vida da população.

         Em entrevista ao titular desse Blog, a vereadora do PDT justificou os motivos pelo qual ela e os demais edis votaram a favor dos Projetos encaminhados ao legislativo municipal.

         Entraram na pauta do dia. O PL 021/2017  que autoriza o município a doar ao SESI, terreno para construção de um prédio onde funcionará uma escola profissionalizante para jovens da comunidade dos bairros Paranã I, II e IV,  “Além do meu voto,O PL contou  com a aprovação, da maioria dos edis que estão na base de apoio ao Executivo Municipal”. Enfatizou a vereadora Ana Lúcia. A Parlamentar disse ter votado a favor por entender que o Município precisa de um ambiente que  retire jovens e adolescentes não só destas comunidades mas de todo o município da áreas de risco social dando-lhes possibilidades de inseri-los em uma sala de aula com fins de prepará-los tecnicamente para o futuro

A respeito do Projeto de Lei 020/17 que dispõe sobre a reorganização da administração direta, onde os vereadores votaram a favor do parecer do presidente da comissão de constituição e justiça, vereador França Duarte, a vereadora esclareceu que acompanhou o voto do presidente, mas precisa de algumas informações a respeito desse projeto, entre elas o impacto financeiro.

         O PL 016/2017 também recebeu voto favorável da vereadora, o mesmo dispõe sobre a inserção dos subsídios de férias e 13° para o prefeito, vice e secretários também votei contra por entender que esse PL é de iniciativa do poder legislativo e que em momento de crise que todo país se encontra principalmente o município de Paço do Lumiar, é necessário renúncia e parceria de todos os poderes para sobrevivermos esse momento difícil.

Já  o PL 013/2017 que altera alguns artigos do Estatuto do Servidor Público, que trata da Licença a Gestante, á Adotante e da Licença- paternidade passando assim para as mães a licença de 4 para 6 meses e aos homens 10 dias consecutivos em caso de falecimento da mãe no ato do parto ou até 3 meses de  vida da criança o pai terá direito também ao mesmo período de licença 180 dias. O PL trouxe dignidade, ajuda a cumprir o marco da primeira infância ao servidor público,  contou com uma emenda do vereador Wellington Sousa e foi aprovado por unanimidade.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *