Distrito Federal terá mais de mil militares nas ruas realizando as mais diversas ações durante 24 horas. Em todo o Brasil, serão cerca 100 mil policiais e bombeiros envolvidos

Forças de segurança nacional participam nesta quarta-feira (24/4) de operações coordenadas em todo o país, incluindo o Distrito Federal, para promover um policiamento ostensivo. Na capital federal, a ação, batizada de Operação Tiradentes, conta com cerca de 1,2 mil policiais e bombeiros, que farão ao longo de 24 horas fiscalizações e ações de segurança pública, com foco na “prevenção e repressão imediata de crimes”, como divulgou a PMDF.
Além dos militares, cerca de 100 agentes da Polícia Civil do DF também cumprem mandados de busca e apreensão. Em um dos cumprimentos, pela manhã, foram presos quatro procurados pela 6ª Delegacia de Polícia (Paranoá). Um deles tinha quatro mandados em aberto.
A operação foi lançada nesta manhã, às 8h, na Esplanada dos Ministérios, em horário simultâneo aos eventos de outros estados da Federação. A estratégia é uma iniciativa do Conselho Nacional de Comandantes-gerais das Polícias Militares e dos Corpos de Bombeiros Militares do Brasil.
De acordo com a PMDF, as ações na capital terão diversos pontos de atuação. “No Distrito Federal, serão executadas as operações Álcool Zero e Transporte Pirata, fiscalizações nas rodovias, policiamento ostensivo com grupos táticos ambientais, lacustres e operações no cerrado, além do policiamento ostensivo nos centros urbanos”, divulgou a corporação em nota.
Continua depois da publicidade
O evento de lançamento contou com a presença do vice-presidente da República, Hamilton Mourão; do ministro da Justiça, Sérgio Moro; do secretário Nacional de Segurança Pública, Guilherme Theophilo; do presidente do Conselho Nacional de Comandantes PM e BM, coronel Carlos Alberto de Araújo Gomes Júnior; da comandante-geral da PMDF, coronel Sheyla; e do comandante-geral do CBMDF, coronel Carlos Emilson.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui