Sindicatos dos trabalhadores do Controle de Endemias no Estado do Maranhão-SINTRACEMA comemora 15 anos de fundação

Caros companheiros,

Nessa sexta-feira, 19 de outubro, comemoramos 15 anos de fundação do nosso Sindicato, são 15 anos de luta e enfrentamento em busca da manutenção e ampliação de direitos conquistados junto aos órgãos Públicos das esferas Federal, Municipal e Estadual. Queremos festejar essa data relembrando todas as nossas conquistas, de modo particular o recebimento dos nossos novos kits contendo uniformes e equipamentos individuais de trabalho, os kits são compostos por bolsa, calças, camisas, bota, boné, repelentes e protetor solar. A entrega desses equipamentos são frutos das diversas manifestações realizadas pelo sindicato e das incansáveis reuniões com o Secretário Municipal de Saúde-Lula Fylho.

         Apesar de termos participado indiretamente das ações realizadas pela CONACS em Brasília, queremos juntos com os nossos Agentes Comunitários de saúde comemorar a derrubada do veto, é a nossa vitória, fruto das lutas de todos. Com a derrubada do veto, voltam a valer os valores incluídos no projeto de lei de conversão oriundo da MP 827/2018. A remuneração será de R$ 1.250 a partir de 2019; de R$ 1.400 em 2020; e de R$ 1.550 em 2021. A partir de 2022, o piso será reajustado anualmente em percentual definido na Lei de Diretrizes Orçamentárias (LDO).

         A nossa luta continua, acomodarmos jamais, há muito que se fazer, lembrando que nosso próximo passo será a retomada do diálogo com o Governo do Estado e com a Prefeitura sobre a Política Estadual de  cofinanciamento da Atenção Primária em Saúde do Estado do Maranhão (PECAPS), que está sob a responsabilidade da Secretaria de Estado da Saúde (SES) , Lei sancionada pelo Governador Flávio Dino

         Como profissionais temos o respeito das comunidades aonde desenvolvemos nossas atividades, entretanto, falta um reconhecimento maior pelo Poder Público e pela nossa sociedade civil. Somos mais de duzentos e oitenta mil entre agentes comunitários de saúde e agentes de combate a endemias em todo o Brasil sei que não é fácil ser um profissional tão importante na estratégia do programa de saúde da família e de combate a dengue leishmaniose entre outros, mas nós profissionais estamos fazendo a nossa parte, por isso mais uma vez digo, me orgulho de fazer parte dessa categoria e meus parabéns a todos os ACE.   Que Deus nós abençoe e nos proporcione mais vitórias.

                    Presidente Bernardo Medeiros

Deixe uma resposta