Agentes Comunitários de saúde (A C S) e de combates às Endemias (A C E), de São Luis e de vários Municípios do Maranhão realizaram nessa manhã de quarta-feira (21) , uma grande manifestação  contra o Governo  Estadual. As caravanas com os delegados chegaram a São Luis na terça-feira, tendo como local de concentração a Praça Maria Aragão de onde partiram em passeata até o Palácio do Governo, O ato se deu em  razão do não cumprimento  de uma promessa do Governo do  Estado  de ceder uma contrapartida de 10% com base no  piso salarial  nacional de 1,014 mil, tal promessa fora anunciada  no seminário realizado pelas duas categorias na UFMA em julho de 2015, na época compareceram cerca de cinco mil Agentes. Empolgado com o teor do seminário, o Chefe do Executivo Estadual firmou compromisso, entretanto, não cumpriu.

       “Mais uma vez estamos realizando  manifestação para cobrar  e  exigir do Governador o cumprimento de sua promessa,  queremos os 10% que temos direito, é nosso!, que seja desengavetada a  Lei 10583,de  24 de abril de 2017, que transfere recurso estadual de saúde aos fundos municipais, essa Lei foi aprovada pela Assembleia, e era para entrar em vigor sessenta dias após sua publicação” explicou Marleide Barnabé,Presidente da FEMACS. Ainda de acordo com Marleide Barnabé,  o salário dos Agentes são compostos de 95% de recursos proveniente do Ministério da  Saúde e os outros 5% da Prefeitura e do Governo do Estado,comentou

         Após  muito barulho na porta do Palácio, Flávio Dino autorizou a entrada da comissão e depois de mais de uma hora de diálogo  resolveu cumprir sua  promessa e a partir de março estará pagando os 10% conforme anunciado em seminário.

 

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui