Na noite desta terça-feira (04), morreu aos 42 anos o ator e humorista Paulo Gustavo por complicações causadas pela Covid-19. Casado com o médico Thales Bretas, Paulo deixa dois filhos, Romeu e Gael.

Paulo Gustavo foi internado no dia 13 de março em Copacabana, no Rio de Janeiro, devido ao agravamento do quadro clínico gerado pela Covid-19. Seu quadro piorou no último dia 2 de maio (domingo) devido uma embolia pulmonar.

“Após a constatação da embolia gasosa disseminada ocorrida no último domingo, em decorrência de fístula brônquio-venosa, o estado de saúde do paciente vem deteriorando de forma importante. Apesar da irreversibilidade do quadro, o paciente ainda se encontra com sinais vitais presentes”, sua equipe disse em nota. “A família do ator continua agradecendo todo o carinho e pedindo orações dirigidas ao Paulo Gustavo, assim como às demais pessoas acometidas por essa doença terrível”, acrescentou.

Na última terça-feira (04), os pais de Paulo Gustavo foram chamados ao Hospital Copa Star, onde o humorista estava internado, para receberem o boletim hospitalar, o qual indicou que ele se encontrava em quadro de irreversibilidade.

Fãs e admiradores do artista enviaram orações e mensagens nas redes sociais desejando “Forças, Paulo Gustavo”.

Com mais de 50 dias de internação, Paulo Gustavo lutou e passou por complicações geradas pela doença. No dia 19 de março, teve uma melhora em seu quadro clínico, no entanto acabou piorando e precisou ser intubado três dias depois.

No dia 2 de abril, houve uma outra piora em seu estado de saúde, sendo preciso o uso de terapia que simula o uso de pulmão artificial (Oxigenação por membrana extracorpórea – Ecmo).

O Imparcial

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui