A ex-prefeita do município de Bom Jardim (MA), Lidiane Leite, conhecida internacionalmente como ‘Prefeita Ostentação’, foi condenada pela justiça maranhense por uma série de irregularidades enquanto gestora da cidade.

A bomba estourou em 2015 quando a Polícia Federal prendeu dois ex-secretários da cidade, um deles na época era ex-namorado de Lidiane, Beto Rocha. A prefeita ficou 39 dias foragida, foi presa, mas depois foi colocada em liberdade onde continuou respondendo pelos crimes. Nesse período ela voltou para o ex e teve um filho com ele, enquanto o processo corria.

Quase dois anos após o caso, ela foi condenada por ato de improbabilidade administrativa depois de ser constatados desvios de verbas públicas para obras na cidade, que nunca foram realizadas. Ao tempo que a cidade padecia sem estrutura, ela ostentava nas rede sociais, por isso o apelido que ganhou.

Lidiane terá que devolver aos cofres públicos um total de R$ 998.691,27, além de pagar multa que corresponde a 100 vezes o salário que recebia como prefeita, terá os direitos políticos suspensos por cinco anos e não poderá contratar com o poder público nem receber incentivos fiscais por três anos.

Tranquila… ela sabe que tem gente aqui no maranhão, que vai pagar essa grana para ela…

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui