O desembargador José Joaquim Figueiredo dos Anjos foi eleito na manhã desta quarta-feira (4), para o cargo de presidente do Tribunal de Justiça do Maranhão (TJMA) pelos próximos dois anos. Ele assume a vaga do desembargador Cleones Cunha, que deixa o cargo em dezembro.

No velho e bom  eficiente método medieval do voto secreto, a eleição se deu sem muitas delongas. Depois das guerras de acusações , e uma campanha ferrenha de difamação exercida nas rede sociais pela tropa de choque virtual do  comunista  chefe do executivo maranhense ,  que desmoraliza qualquer um, que for de encontro a sua vontade.

A desembargadora Nelma Sarney já foi derrotada para eleição.

 

O Che Guevara   tupiniquim ficou  bastante  feliz, e se sentiu também  vitorioso, dado a  preferencia, e grandes  interesses,  e torcida a Joaquim no cargo de chefe do  poder Judiciário.

Agora Dino fazer da mudança prometida,   “fato” ,  e a mesma coisa que em tempos de outrora, onde o Executivo, o Legislativo,  e o Judiciário. Viviam em um triângulo amoroso compacto e tranquilo sem ciumes tolos, ou tragédias de traições.

Hoje no Maranhão temos o real conceito de DINASTIA “Sequência de indivíduos que ocupam determinada função, cargo ou posto de poder, hereditários ou não…”

“O feudo comunista prospera.”

 

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui