O senador Roberto Rocha está sendo tratado com desdém pela oligarquia Sarney e seus satélites, inclusive aqueles que recentemente resolveram voltar ao colo do coronelismo.

Sem esperar qualquer definição do autointitulado “Asa de Avião”, que aparentemente controla o PSDB, estão tratando-o como um “sem votos” e, por isso mesmo, cobrando dele apoio ao desafeto Zé Reinaldo em sua obsessão pelo Senado.

O certo é que tem tanta traição nessa tal terceira via que está difícil fazer qualquer acordo que tenha consistência, sustentaridade e votos.

O senador Roberto Rocha rompeu com Flavio Dino porque queria disputar o governo imediatamente. E agora vai ficar para 2022 e sair definitivamente da fila para o governo do Estado?

Fonte: Marrapá

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui