O Secretário de Estado da Saúde, Carlos Lula, não deu mais detalhes sobre o caso confirmado

Cerca de dois meses após ser identificada pela primeira vez no Brasil, Maranhão tem primeiro caso confirmado.

Na manhã desta quinta-feira (3), o secretário de Estado da Saúde, Carlos Lula, afirmou que o Maranhão identificou o primeiro caso da variante ômicron.

“A gente já acreditava que o espalhamento muito rápido da doença no Maranhão era de fato a Ômicron, mas a gente não tinha confirmação genética disso. Dessa vez a gente tem, de fato, a gente tem Ômicron no Maranhão, e a tendência é que ela se torne rapidamente propagada”, afirmou o secretário”, afirmou o secretário.

O Secretário de Estado da Saúde, Carlos Lula, não deu mais detalhes sobre o caso confirmado.

Sintomas da Ômicron

Os sintomas mais comuns entre os infectados são febre, coriza, dor de garganta e dor no corpo, nada semelhantes à perda de paladar, de olfato e tosse seca comuns às outras variantes.

Cerca de dois meses após ser identificada pela primeira vez no Brasil, a variante ômicron já é a prevalente nos casos de covid-19 no país, de acordo com informações divulgadas na coletiva de imprensa do Ministério da Saúde em 11 de janeiro.

O fato dos sintomas serem semelhantes aos de uma gripe comum pode confundir e fazer com que as pessoas desistam de averiguar se é Covid-19 ou não. A OMS indica que no surgimento de alguns destes sintomas, o ideal é fazer um teste do tipo RT-PCR ou de antígeno para comprovar o diagnóstico.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui