Agentes Comunitários de Saúde de São Luis, reunidos em Assembleia na manhã de quinta-feira (11) de Abril de 2019,decidiram finalizar a greve, a decisão se deu em razão das propostas apresentadas pelos Vereadores Pavão Filho (PDT), líder do Governo na Câmara, Osmar Filho, Presidente do Legislativo Municipal , do Secretário da SEMUS, Lula Fylho. As propostas foram previamente discutidas com os representantes do SINDACS/TACS, AAGESOL e SINTRACEMA em uma reunião realizada na Câmara de vereadores no dia 09/04/19, onde em comum acordo com as categorias lavraram uma ata para registrar de forma detalhada os acertos entre ambas as partes.
“Mais uma vitória das muitas que virão, decidimos o que é certo e melhor para todos nós, as nossas conquistas não são apenas  para beneficiar  alguns, lutamos pela unidade e primamos pela verdade, não faz parte do nosso projeto ludibriar aqueles que confiam no trabalho da direção do nosso Sindicato, é essa confiança que nos anima a continuarmos dialogando com  os órgãos competentes no sentido de juntos buscarmos soluções para nossas demandas.”Frisou Flor de Liz – Presidente do  SINDACS/TACS
         Apesar de alguns membros de oposição à atual diretoria do SINDACS discordarem com o voto da maioria, não conseguiram apoio para continuarem em greve, foram obrigados a seguirem a orientação do Sindicato, que é o representante legal da categoria.
         Resumo da ata com os poderes Legislativo e Executivo Municipal
Implantação do piso salarial Nacional das categorias, de acordo com a lei federal nº 13.708 de 14 de agosto de 2018, que regula a remuneração dos referidos profissionais para a jornada de trabalho na forma da lei:
A partir de 1º de Janeiro de 2019, R$ 1.250,00 (Hum mil duzentos  e  cinqüenta reais), a partir de 1º de Janeiro de 2020-R$ 1.400,00 (Hum mil  e quatrocentos reais), e a partir de 1º de Janeiro de 2021-R$ 1.550,00 ( Hum  Mil quinhentos e cinqüenta  reais).
O Prefeito na oportunidade se comprometeu em implantar o Piso Salarial Nacional a partir de maio de 2019 ,ficando estabelecida a proposta de parcelamento dos valores referentes aos meses de janeiro fevereiro março e  abril para serem negociados com as categorias,
Lula Fylho em nome do Prefeito Edivaldo Holanda Junior propôs  o pagamento das diferenças das parcelas  dos meses de janeiro, fevereiro, março e Abril das seguintes formas:  No  pagamento do salário atualizado de Junho serão pagos as diferenças nos meses de janeiro e fevereiro de 2019, e no pagamento do mês de julho as diferenças dos meses de Março e abril de 2019.
         O vereador Pavão filho comunicou às entidades que apresentou o projeto de lei nº 049/ 2019 autorizando a Prefeitura de São Luis a implantar o piso salarial nacional dos referidos profissionais, e que pedirá apoio a  todos os colegas para sua aprovação o mais rápido possível
         Pavão informou ainda que está sendo agendada uma audiência com o prefeito Edivaldo Holanda Júnior em data a ser comunicada posteriormente às  categorias.

A imagem pode conter: 9 pessoas, incluindo Jacilene Lima, Eline Viegas Silva Ribeiro e Josy Castelo Branco, multidão

A imagem pode conter: 15 pessoas, incluindo Maria Luiza Sousa e Silvia Menezes, multidão

A imagem pode conter: 9 pessoas, incluindo Maria Soares Pereira e Jacilene Lima, pessoas sorrindo, pessoas em pé

         Veja na Integra ata da reunião realizada na câmara de vereadores no dia 09/04/19.

Ata da reunião do sindicato dos a Agentes comunitários de saúde

veja mais fotos no Facebook  abaixo

https://www.facebook.com/sindacs.tasc

A imagem pode conter: 9 pessoas, incluindo Genilson Turibio, Maria José Moreira da Silva e Nelma Cristina, pessoas sorrindo, multidão

Nenhuma descrição de foto disponível.

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui