Professores do Instituto de Educação Bilíngue William Stokoe, Maiane Castelo e Klean Carvalho criam a primeira classe bilíngue no IFMA, Campus Centro Histórico.

Com o apoio total da diretora geral do IFMA, Luciene Amorim, os professores do Instituto de Educação Bilíngue William Stokoe, Maiane Castelo e Klean Carvalho, são responsáveis por projeto que cria a primeira classe bilíngue no Instituto Federal do Maranhão IFMA, Campus Centro Histórico, na modalidade de educação profissional e tecnológica. A classe bilíngue é diferente da classe inclusiva já que existem projetos e metodologias específicas para introdução e inclusão do Surdo no mundo do ouvinte e do ouvinte no mundo do Surdo. Para tal, são criadas metodologias de apoio e incentivo à formação dos professores e o intérprete continua tendo um papel fundamental nesse contexto, tanto de comunicação como também de manutenção do bilinguismo.

“Na classe bilíngue existem alunos surdos e alunos ouvintes. E a relação entre estes se dá por compartilhamento, pois os alunos ouvintes aprendem a libras como segunda língua, e os alunos surdos aprendem a língua portuguesa como segunda língua”. Explicou  Klean  Carvalho .O resultado de tal compartilhamento faz com que tanto Surdos quanto ouvintes interajam de uma forma mais inclusiva e que os professores aprendam a se comunicar com seus alunos tornando a aprendizagem  mais significativa, pelo menos dentro de sala de aula. O objetivo é que se crie uma cultura bilíngue em sala de aula e em toda a escola.

 

 

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

×